quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O rock do Rosa de Saron



Projetos (Photoshop)
Quer um igual p/você? 
Então, me escreva: dias.prd@gmail.com




















Quer um igual p/você? 
Então, me escreva: dias.prd@gmail.com




Rosa de Saron é uma banda brasileira católica de rock formada dentro do movimento de Renovação Carismática Católica em 1988, na cidade de Campinas, também conhecida por ser um dos precursores do White Metal católico no Brasil. Em 2010 o portal de noticias G1 lançou uma votação aberta aos internautas com o objetivo de descobrir qual seria o artista ou banda do ano, sendo que o Rosa de Saron ficou em segundo lugar atrás apenas da cantora mexicana e ex-RBD Dulce María.



História


Atual logo marca da banda
No final da década de 1980, o grupo inicialmente tocava durante as missas e no grupo de jovens na Comunidade católica Menino Jesus de Praga, no bairro Cambuí, em Campinas, São Paulo. Em meados dos anos 1990, os integrantes da banda Rosa de Saron decidiram usar o rock pesado para evangelizar e de certa forma alavancarem o circuito do rock católico.[1] Nesta fase a banda era formada por Marcelo "Tchelão" Machado (vocal), Alessandro (bateria), Eduardo "Duzinho" Faro (guitarra), Alex Nozaki Mota (guitarra), Rogério "Cazuza" Feltrin (baixo) e Eduardo Bortolato (teclados).[1]

[]Diante da Cruz (1994)

Em 1994 foi gravado o primeiro álbum da banda, o Diante da Cruz. O disco possui nove faixas e é considerado o primeiro CD de Heavy Metal/Hard Rock católico do mundo[4], por isso este disco tornou-se um referencial no meio religioso.[1] Este disco despertou a atenção no meio católico e também no meio secular.[1] Suas letras falam de fatos presentes no cotidiano de muitos, como "Mentiras da Agulha" (problemas das drogas na sociedade), "Latas Retorcidas" (o perigo sobre os rachas de automóveis), "Diante da Cruz" e "Sangria" que, ainda hoje é tocada praticamente em todos os shows.
Este álbum foi lançado de forma independente em vinil e cassete em 1995. No ano de 1996, com a fundação da Codimuc, o trabalho foi relançado, agora em CD e distribuído de maneira mais ampla, dando muita força à banda. Iniciava-se então uma importante parceria entre a Codimuc e a Banda Rosa de Saron.
Após este CD, Alex Nozaki deixara a banda, e Welington Greve (Grevão) assume a bateria no lugar do Alessandro. Em 1997 a banda lança o disco Angústia Suprema.

[]Angústia Suprema (1997)

Apesar de ser o segundo trabalho da banda foi o primeiro a ser gravado em um esquema totalmente profissional, com bateria acústica e com a produção de Daniel Stiling, um dinamarquês especializado em som pesado e que além de produzir auxiliou também na criação de muitos arranjos. Esse trabalho trouxe novidades e principalmente qualidade em termos de áudio naquela época, além de contar com um belo trabalho gráfico. Possui dez faixas, entre as quais estão "Olhos Vermelhos", "Chance", "Século I", "Anjos das Ruas" (sobre as populações que vivem nas ruas das grandes cidades) e "Angústia Suprema". Há ainda a faixa "Carregue os Feridos", versão de uma música do Tourniquet.
Em 1998, a banda comemorou seus 10 anos de carreira. Um ponto marcante desta comemoração foi um show no Parque do Taquaral, em Campinas, onde foi realizado o primeiro festival de rock católico da história, além da presença da Banda Rosa de Saron, estiveram Eterna, L.O.V.E e Cristoatividade[carece de fontes]

[]Olhando de Frente (1999)

A partir de 1999 começam a ocorrer mudanças no som da banda, além do metal a banda passou a admitir outras vertentes do rock. Foi nesse ano que eles gravaram o primeiro single católico, o Olhando de Frente, que teve um pré-lançamento em um show da banda na Canção Nova, em Cachoeira Paulista, em 25 de junho de 1999. Este CD é raríssimo, pois foi lançado apenas em uma edição especial e rapidamente sua tiragem foi esgotada. Pouco tempo depois Marcelo Machado deixa o Rosa de Saron para continuar seu trabalho com o The Flanders, alegando estar difícil a conciliação dos compromissos com ambas além dos compromissos pessoais. No ano de 1999, Eduardo Bortolato deixou a banda para se dedicar mais ao seu trabalho de música eletrônica, o Heavens Dance, fundado em 1995.

[]A Troca do Vocalista

Inicia-se assim um árduo trabalho de seleção de um novo vocalista, esta tarefa durou meses até que houvesse a escolha do Guilherme de Sá, atual vocalista da banda. A banda ficou um bom tempo sem lançar um novo trabalho, pela fase de transição que ela passava e também pelo tempo que os seus integrantes dispunham. Já havia na banda diferentes influências em relação ao último disco Angústia Suprema, que unidas às influências do Guilherme, resultou em um disco que narra um tempo de provação e reencontro, o Depois do Inverno, lançado em 2002. Surge um novo Rosa de Saron

[]Depois do Inverno (2002)

Este álbum contou com a presença de Paulo Faganello nos teclados, e conta com 12 faixas como "Tudo o que Não Soube Ver", "No Meu Coração", "Parusia", "Muitos Choram" e "Apenas Uma Canção de Amor". Este disco consagrou a banda no cenário católico, marcando a nova fase do Rosa de Saron. Carregando uma grande quantidade de carga emocional de uma forma nunca vista na história da banda.
No dia 20 de abril de 2005, no Credicard Hall, a banda participou de um DVD em comemoração de 15 anos da gravadora CODIMUC com 3 músicas: "Do Alto da Pedra", "Sangria" e "Muitos Choram". Em "Sangria", houve a participação de Marcelo Machado (o antigo vocalista). A data desse DVD marcava 20 dias da morte do Papa João Paulo II.

[]Casa dos Espelhos (2005)

Em 2005, a banda lança o Casa dos Espelhos, um outro disco de sucesso e que garantiu à banda o topo de várias paradas de sucesso com "Obrigado por Estar Aqui", "Dores do Silêncio" e o grande hit da banda "Sem Você". O lançamento do CD ocorreu no Hopi Hari[2] e contou com a participação de vários nomes da música católica. Foi produzido por Guilherme de Sá (sua primeira produção) e marca um período de confirmação da banda na época, tanto musical quanto lírica. Foi na turnê deste disco que a banda conseguiu conhecer quase todo o Brasil. Foram mais de 80 shows, apenas em 2005.
Em 2006 era esperada a gravação do primeiro DVD da banda, e que provavelmente seria lançado no primeiro semestre de 2007. Este DVD seria lançado em formato acústico, e o projeto já estava em andamento. Mas devido a uma reestruturação em todas as áreas da Codimuc, o projeto teve que ser adiado, não cancelado. Como narrado mais à frente, a gravação viria realmente a acontecer em 2008, em comemoração aos 20 anos da banda.

[]Acústico (2007)

Ficheiro:Wallpaper02 1280x1024.jpg
Retirado do encarte do CD Acústico, 2007
Em fevereiro de 2007, a banda Rosa de Saron entrou em estúdio para gravar o cd Acústico pela gravadora Codimuc. Com produção musical de Guilherme de Sá, o CD conta a com participação especial da cantora Eliana Ribeiro, da comunidade Canção Nova na música Anjos das Ruas. Novamente a banda vem inovando o cenário de música católica brasileira, lançando o primeiro álbum acústico. O CD conta apenas com uma música inédita, "Monte Inverno" e outras 13 regravações de grandes sucessos da banda. Foi um divisor de águas na história da banda que, até então, gravava todos seu discos com guitarras. Após o disco acústico, a banda tornou-se mais acessível e, assim, atingiu outras faixas etárias. Isso rendeu, somente em 2007, mais de 110 shows para o Grupo. Começa aí a fase de profissionalização do Rosa de Saron, onde os integrantes deixam seus outros trabalhos para se dedicar somente a música. Em setembro de 2007, a banda participa da Gravação do DVD "Hallel 20 Anos", em Franca, com a música "Tudo o Que É Meu".

[]Rosa de Saron Acústico e Ao Vivo (2008)

Dia 16 de Abril de 2008, na cidade de Valinhos, interior de São Paulo, no Auditório da TV Século XXI, foi gravado o DVD "Rosa de Saron - Acústico e ao Vivo". O DVD conta com 19 faixas, entre versões acústicas de vários sucessos da banda (13 canções do CD "Acústico" regravadas ao vivo, e mais 3 que não estavam no CD de estúdio), uma versão do clássico "Te Louvo em Verdade", de Martin Valverde, e duas músicas inéditas: Rara Calma e Como eu te vejo. Participaram como convidados especiais: Eugênio Jorge (Mensagem Brasil), Aura Lyris (ex-Beatrix), Demian Tiguez (ex-Ceremonya, atual Anjos de Resgate) e Rafael Almeida, cantor e ator da Rede Globo que é fã confesso da banda. A canção "Sem Você" torna-se um hit nacional, tocada nos quatro cantos do país e na América Latina. Vira a marca registrada e a cara da banda, seu maior sucesso. Em julho do mesmo ano, Rogério Feltrin, baixista e fundador da banda, publicou o livro Rock, Fé e Poesia, no qual conta a história dos 20 anos do Rosa de Saron e de cada música da banda. Em janeiro de 2009, a Som Livre, gravadora pertencente às Organizações Globo, passou a distribuir o DVD "Acústico e ao Vivo" em parceria com a Codimuc, iniciando assim uma nova fase na carreira da banda, com expressiva divulgação no meio secular. Após a veiculação de comercial na TV, as músicas da banda passam rapidamente a alcançar os primeiros lugares em famosas rádios virtuais e vários sites de cifras e letras da internet. A partir deste trabalho, a banda Rosa de Saron adotou uma nova logo marca, substituíndo a famosa logo noventista, por uma mandala impactante. A mandala representa os quatro integrantes em torno da eucaristía, estampada em todos os cantos do grande cenário do DVD

[]Horizonte Distante (2009)

Em dezembro de 2009 foi lançado o álbum da banda chamado Horizonte Distante. Neste novo trabalho foi montado um repertório que não deixa de lado as características marcantes que consagraram o grupo. O disco trás uma proposta madura e moderna com arranjos semelhantes aos do rock alternativo americano, onde destacam-se as músicas "O Sol da meia-noite", "Mais que um mero poema", essa última faz um retrato dos problemas sociais vividos em função das escolhas e atitudes erradas que o homem toma através do seu livre arbítrio, "Mesma brisa", "Menos de um segundo", "Folhas no Chão", "Velhos outonos", essa última uma balada foi gravada com a participação dos familiares dos integrantes do Rosa de Saron, entre outras. O sucesso desse trabalho rendeu ao grupo o seu terceiro disco de ouro e ainda a indicação para concorrer ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã em português".[5]

[]Horizonte Vivo Distante (2010)

Completando 22 anos de estrada, a banda lança, em dezembro, pela Som Livre, seu nono disco e segundo DVD da carreira. O CD e DVD Rosa de Saron – Horizonte Vivo Distante traz composições inéditas e relembra sucessos do grupo. Gravado ao vivo no HSBC Brasil, em São Paulo, no dia 10 de setembro de 2010, o show atraiu cerca de 3.500 fãs e contou com a participação do cantor Maurício Manieri na canção “Rara Calma”. Destacam-se “Menos De Um Segundo”, carro-chefe do último CD “Horizonte Distante” e a regravação de “Mais Uma Vez”, de Flávio Venturini e Renato Russo. Entre as inéditas, “Projecto Juno” (Oh Oh!), “Meu Abandono” e “Liberdade”, “Real Em Mim” e “Mais Além”. O álbum apresenta ainda várias canções do albúm Horizonte Distante como os hits “Minha Triste Imperfeição” e “O Sol Da Meia Noite”. Algo que poucas pessoas sabem é o fato da banda ter tocado "WITH OR WITHOUT YOU" do U2 no show da gravação, mas como a banda irlandesa não enviou a documentação nescessária para que a música entrasse no DVD a mesma acabou ficando de fora. Ela seria colocada como um pout-pourri com a música "Folhas do chão". Horizonte Vivo Distante rendeu ao grupo seu quarto disco de ouro, e a segunda indicação consecutiva ao Latin Grammy Awards, realizado no dia 10 de Novembro de 2011, em Las Vegas-US

[]Siete Caminos (EP)(2011)

Quando o Rosa de Saron foi convidado pela CNBB (Conferencia Nacional do Bispos Brasil) para tocar na Jornada Mundial da Juventude, em Madri, Espanha, representando o Brasil para jovens de todo o mundo, a banda nem imaginava que esse convite, alem de representar uma grande honra e responsabilidade, inspiraria vários projetos na cabeça e na alma dos 4 integrantes do grupo. Um dele acaba de ficar pronto: O EP, “Siete Camiños”. São sete sucessos da banda em idioma estrangeiro, sendo 4 versões em espanhol e 3 em inglês, sendo as em espanhol: El Sol de Medianoche (O Sol da Meia Noite), De Lo Alto de La Piedra (Do Alto da Pedra), Extraña Calma (Rara Calma) e Menos de un Segundo (Menos de um Segundo) As versões em ingles são: No Matter What (Tudo que é Meu), Without You (Sem Você) e Memories (Lembranças) Apesar da banda não considerar “Siete Camiños” como um albúm de catálogo para fazer parte da discografia, o trabalho foi realizado com todo cuidado e dedicação como todos os albúns do Rosa de Saron. A qualidade do resultado final atesta isso. Os fãs da banda ficaram impressionados e encantados com as novas versões. Houve uma espécie de indignação do público nos sites de relacionamento porque logo que o Siete Caminos foi lançado, a banda soltou uma nota oficial dizendo que, seriam pouquíssimas unidades, sendo distribuído de forma promocional, apenas nos shows da banda. A intenção é tranformar o EP Siete Caminos numa raridade. Um fato curioso: Siete Caminos, além de conter apenas 7 canções, é também no sétimo trabalho gravado de Guilherme de Sá com o Rosa de Saron.

[]Futuro Lançamento

Depois de cinco disco consecutivos lançados (07,08,09,10, e 2011), a banda promete um novo trabalho no primeiro semestre de 2012, trancado a sete chaves. Guilherme, que é o produtor musical dos cinco últimos trabalhos, disse recentemente em uma entrevista para a Rede Record: "É a primeira vez em anos que teremos total liberdade em termos de arranjos, sempre pensamos no disco dentro da discografia, e agora chegamos num ponto completamente confortável. O público pode esperar algo bom, estamos ansiosos para a próxima maratona no estúdio."

[]Discografia

AnoTítulo
1994Diante da Cruz
1997Angústia Suprema
1999Olhando de Frente (EP)
2002Depois do Inverno
2005Casa dos Espelhos
2007Rosa de Saron Acústico
2008Acústico e ao Vivo
2009Horizonte Distante
2010Horizonte Vivo Distante
2011Siete Camiños (EP)

[]Videografia

AnoTítulo
2008Acústico e ao Vivo
2010Horizonte Vivo Distante

[]Livros

[]Prêmios

  • 2008 - Troféu Louvemos o Senhor
    • Melhor Banda
    • Melhor Cantor (Guilherme de Sá)
    • Melhor Canção (Rara Calma)
  • 2009- Disco de Ouro
    • Pelo CD Acústico e ao Vivo
  • 2009 - DVD de Ouro
    • Pelo DVD Acústico e ao Vivo
  • 2010 - Troféu Louvemos o Senhor
    • Melhor Banda
    • Melhor Vocalista (Guilherme de Sá)
    • Melhor Intérprete Masculino (Guilherme de Sá)
    • Indicação ao Latin Grammy como melhor CD cristão em português (Horizonte Distante)
  • 2010 - Disco de ouro
    • Pelo CD Horizonte Distante
  • 2011 - Trofeu Louvemos ao Senhor
    • Melhor cantor: Guilherme de Sá
    • Melhor guitarrista: Eduardo Faro
    • Melhor baixista: Rogério Feltrin
    • Melhor baterista: Wellington Greves
  • 2011 - DVD de ouro
    • Pelo DVD Horizonte Vivo Distante
  • 2011 - CD de ouro
    • Pelo CD Horizonte Vivo Distante
  • 2011 - Disco de platina
    • Pelo CD Acústico e ao vivo
    • Pelo CD Horizonte Distante
  • 2011 - Indicação ao Latin Grammy como melhor CD cristão em português (Horizonte Vivo Distante)

[]Integrantes

[]Formação atual

[]Músicos de apoio


Fonte completa (aqui).

6 comentários:

Nayara Jardim disse...

Que tuuuuuudo, um post sobre meus lindões aqui!
*-------*
Estou super ansiosa pelo meu tênis lindinho!
E ansiosa pelo cd novo! hahahaha
Pati, parabéns pelo trabalho fantástico que você
faz!
Um beijão e fica com Deus!

rosadomeujardim.blogspot.com

Pati Dias disse...

Seu tênis fica pronto hoje, Nayara! Depois mando fotos e onr. do correio p/rastreio, oks? Bjk! ;D

Roniery de A. Nogueira disse...

Como faço para poder customizar um?

Pati Dias disse...

Oi, Roniery! Me escreva (dias.prd@gmail.com) e eu faço 1 p/vc!

Camila disse...

Faz por encomenda???

emanuel jackson disse...

show!!!
Quero um par

Postar um comentário

Agradeço sua visita! Não vá embora sem deixar seu comentário...